Os Primórdios dos Walk-Talk

No princípio

Basicamente os comunicadores portáteis antigos são nada além de um transceptor de rádio de dois pontos. Foram desenvolvidos por militares na Segunda Guerra Mundial pela empresa Galvin Manufacturing Corp que mais tarde seria a Motorola!!! Isso mesmo que você leu, Motorola. Isso é para você ter uma noção de quanto tempo tem essa empresa, que hoje tem equipamentos espelhados nas vitrines de celulares do mundo a fora. E tem mais. A Motorola, empresa americana, desenvolveu seu xodó tecnológico em 1943 com o primeiro rádio comunicador FM bidirecional portátil chamado SCR300 (pesava 15kg )para o exército USA. Logo depois veio o Handie-Talkie SCR536 que já era como os mais conhecidos, pois cada um carregava o seu, sem precisar daquela mochila de 15kg.

Recomendações

Antes de bagunçar a cabeça de quem está começando a entender sobre comunicadores portáteis, recomendo que você pegue um cerveja, de preferencia artesanal. QUE POR SINAL enquanto escrevo este artigo, estou bebendo UMA (mentira…já é a quarta cerveja…kkk) que um amigo meu fez e comprei dele. Até então nem sabia que tinha como fazer cerveja artesanal passo a passo. Achei meio bizarro, mas olha quem diz, eu faço experiencia com transceptores em casa, então alguém pode fazer cerveja em casa…kkk.

No final do artigo, deixarei o link do curso que meu amigo me recomendou fazer. Achei interessante publicar porque, vai que tem mais curioso aí que nem eu.

Frequência

Frequência é semelhante a linha de telefone onde, como o número de telefone há uma especie de frequência destinada a ser dirigir a outro canal que esteja na mesma frequência. Essa frequência que repito constantemente, é como se fosse ondas, essas ondas tem formas definidas, porém tem espaçamentos diferentes. Quando você atinge um determinado espaçamento, você está na frequência, essa frequência é como um endereço que te leva a um canal. Automaticamente quem estivar nesta frequência irá captá-lo, caso você esteja transmitindo algo. Esses endereços é o que chamamos de XkHz, onde X é alguma numeração e Khz é o KiloHertz (15.6kHz).

Alcance

A capacidade do rádio está diretamente ligado a potência, uso ou não de repetidoras e a geografia local. Podemos ver potência RF (Rádio-Frequencia), também chamada de potencia do rádio, que define, em partes, o alcance do rádio. O medida usada é em Watts e, lembrando, a cada Watt é mais ou menos um KM de alcance (digo lembrando para quem já está ou estudou física).

VHF e UHF

Quem é da antiga lembra que atrás dos televisores antigos tinha o VHF e UHF.

Então UHF ou Ultra High Frequency é um tipo de frequência de uso urbano com intuito de penetrar em obstáculos como prédios e paredes de aço e concreto. Utiliza faixas de 300Mhz a 3Ghz. Já o VHF ou Very High Frequency é de uso de longas distâncias com áreas abertas. Utiliza 30Mhz a 300Mhz.

E é isso pessoal. Um entendimento básico e bem rápido do que é um comunicador portátil ou podemos chamar de transceptores.

Para quem quiser, recomento a leitura no site wikipedia no link logo abaixo

https://pt.wikipedia.org/wiki/Walkie-talkie

Site do curso de cerveja que havia falado Clique AQUI

 

Um abraço